dia internacional da mulher | UmMetrossexual.com

QUE TAL TIRAR 1 MINUTINHO PARA HOMENAGEAR AS MULHERES DA SUA VIDA (NAMORADA, MÃE, AVÓ, IRMÃ, AMIGA)?

3 março, 2011 por Gustavo Tijolo

O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia 8 de Março, e nós homens não podemos deixar de homenagear as mulheres da nossa vida, claro que só um dia é pouco para celebrar, mas a data é um momento especial para fazer aquela surpresa e dizer o quanto elas são importantes na nossa vida.

O grande problema é que esse ano o dia 8 de Março (Dia Internacional da Mulher) cai bem no meio do Carnaval e se já é difícil de lembrar-se da data em uma época comum imagine no Carnaval, com festas, cervejas e outras mulheres nem tão especiais… Rs…

Pensando nisso, deixo uma sugestão para você, que tal antecipar a homenagem?

No site www.elamerece.com, desenvolvido pela Unimed, você pode fazer uma homenagem bem criativa.

  • É só responder a 10 perguntas sobre elas e aí é criado um cartão personalizado ressaltando todas as qualidades (e defeitos) das mulheres que você ama, e você também pode compartilhar através do Facebook, Twitter e e-mail.

Eu já fiz a minha primeira homenagem! :)

Agora é a sua vez, acesse www.elamerece.com e participe! #elamerece

Publieditorial


Categoria: Variedades | Sem Comentários »

FESTIVAL DO PÊNIS NO JAPÃO

19 março, 2009 por Gustavo Tijolo

Nem sei explicar direito o que é este Festival do Pênis, vi a notícia no G1 e achei no mínimo “bizarro” assim como a própria categoria da notícia no portal…

Veja você mesmo:

A atração principal do festival é uma procissão com um pênis gigante, que é carregado por algumas pessoas em um pequeno templo (mikoshi). Segundo a crença popular, o símbolo traz sorte às mulheres que querem ter filhos e aos homens que querem se casar.

Fonte: http://g1.globo.com

Vai entender esses japoneses…


Categoria: Sexo, Variedades | 2 Comentários »

DIA INTERNACIONAL DA MULHER 2009

8 março, 2009 por Gabriel Aguilar

Uma das datas que provoca muita discussão é o DIA INTERNACIONAL DA MULHER, isso porque muitos pensam que ao comemorar isso também deveríamos comemorar o dia internacional do homem, o dia internacional do cachorro, da planta, do funk etc… ou seja, que o dia incita à segregação de grupos, raças e afins… não concordo com esse pensamento. Acho que a mulher, mesmo que sendo “ofuscada” no decorrer da história, sempre foi uma parte importante nos eventos sócio-históricos, nos mais diversos momentos sempre havia uma mulher.

Basta olharmos para as origens míticas, sugeridas pela Bíblia, o homem se sentia sozinho, então foi criada a mulher a sua imagem e semelhança (do homem e de Deus)… Depois, na mesma linha bíblica, surge Saara, a matriarca e com ela surgem muitas e muitas mulheres, como Helena (a Mãe do Imperador Constantino – Roma), Hildegardes Von Bingen, especialista em medicina, música, teologia, ciência em geral.

Lucrécia Bórgia, mesmo famosa por sua conduta é não deixa de dar um status à mulher, lá em 1500. Daí podemos contemplar as mulher brasileiras como a famosa Domitila dos Santos (mais conhecida como a Marquesa de Santos), Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Olga Benário e assim chegamos até nossos dias, em que há muitas Marias, muitas Joanas, muitas Ciebeles que ocultamente constroem nossas vidas, a vida.

Nós, Metrossexuais, não somos e nem queremos a segregação, somente admiramos a figura de uma das mais belas criações que existem neste mundo. Também não concordamos quando dizem que nós copiamos as atitudes e os costumes femininos. Em outros posts mostrei como a vaidade masculina se remete à antiguidade e é tão velha quanto a feminina, aliás, não era, na Idade Média, costume só das mulheres usarem pó e nem peruca… Claro que nós não queremos usar tudo isso, nos limitamos a cuidar do nosso físico e da mente.

Assim que, viva esse 8 de março, data em que mulheres, em outro país, mostraram que são capazes de mudarem o rumo da história.

Nossa admiração e nosso respeito a uma data muito importante!


Categoria: Cultura | 1 Comentário »

DIA, DIA DO… DA MULHER!

10 dezembro, 2008 por Gabriel Aguilar

Dedicado a todas nossas leitoras!!!

Recentemente comemoramos o dia mundial da luta contra a AIDS, comemoramos o dia da consciência negra, o dia do deficiente, o dia telenovela…. e o dia do Metrossexual? Quando comemoraremos esse dia?

Na verdade, não sou muito a favor desses dias específicos, que em muitos dos casos parece que segregam os “grupos” de pessoas. Algumas datas são interessantes, como o dia internacional da mulher, já que há um cunho histórico: No Dia 8 de março de 1857, as operárias de uma fábrica de tecidos nos Estados Unidos fizeram uma grande greve. Ocuparam uma fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas. É legal o fato de poder lembrar esses fatos, que em minha opinião NUNCA devem ser esquecidas…

Acho, por isso, que todos os dias precisamos olhar para a mulher como um ser humano tão igual quanto qualquer homem, com os mesmos direitos e as mesmas obrigações. O que a mídia tem-nos mostrado é uma serie de ataques às mulheres como se fossem objetos (ou no pior dos casos uma posse). Por citar um exemplo claro e recente, aquele cara do Santo André, que seqüestrou durante uma semana a ex-namorada merece todo o repudio da sociedade, sim. E, ainda, algo muito pior do que o seqüestro (ou cárcere privado), é o fato de ele (aliás que nomezinho tem o fulano, né?) achar que menina era só sua, sua posse, que só podia namorar com ele… daí ele se sentir no direito de mantê-la em sua própria casa durante todo esse tempo.

Acho que muitas das mulheres ainda não entenderam o que é ter direitos iguais e se submetem, e submetem suas vidas, às mãos de seres que não merecem. Antigamente a donzela deveria se casar virgem (putttttzzzz, currículo sem experiência!!!), e o homem? Antigamente a mulher deveria ficar em casa esperando o homem, hoje, conheço muitos casos de amigos que ficam esperando as suas esposas. E tantos e tantos exemplos que só posso dizer que se alguém as chamar com o nome daquele mamífero que nos da leite, é só ignorar… dor-de-cotovelo!!! Ninguém olha para o cara e quando acha uma menina tudo de bom que não lhe da “bola”, a tendência é difamá-la… Mas relaxa, são vocês que tem o controle.

Quando tiverem um tempinho passa em qualquer banca de jornal e comprem um desses livros de bolso que vendem por R$ 10.00 e que leva por título LISÍSTRATA. Aristófanes, um comediante grego (muito bom, diga-se de passagem) escreveu uma comédia 400 anos antes de Cristo em que mulheres fazem a primeira greve na história. O enredo é bem legal, e mostra como as mulheres dominam a situação ao se negarem a manter relações sexuais com os seus parceiros até obter o que elas querem. Vejam só um pouco desta obra:

Nada é só preto ou branco. Há sempre algo de novo no velho e algo de velho no novo, algo de masculino no feminino e algo de feminino no masculino… E há em tudo isto muita incerteza… A única certeza, em todos os domínios, é que é tudo, felizmente, incerto, e nada é definitivo ou acabado.

Assim, é aqui a nossa homenagem às nossas leitoras, lembrando-as que na nossa história brasileira podemos citar nomes de mulheres extremamente importantes, como a Princesa Isabel, a Marquesa de Santos, Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Olga Benario (embora não seja brasileira, foi muito importante para a história) e por ai vai a ladainha de mulheres importantes e quem sabe no futuro teremos uma blogueira como mulher que fez história.


Categoria: Cultura | Sem Comentários »

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

8 março, 2008 por Gustavo Tijolo

Nossa homenagem para todas as mulheres que gostam de homens metrossexuais…rs

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

 Garotos – Composição: Leoni

“Seus olhos e seus olhares
Milhares de tentações
Meninas são tão mulheres
Seus truques e confusões
Se espalham pelos pêlos
Boca e cabelo
Peitos e poses e apelos
Me agarram pelas pernas
Certas mulheres como você
Me levam sempre onde querem

Garotos não resistem
Aos seus mistérios
Garotos nunca dizem não
Garotos como eu
Sempre tão espertos
Perto de uma mulher
São só garotos

Seus dentes e seus sorrisos
Mastigam meu corpo e juízo
Devoram os meus sentidos
Eu já não me importo comigo
Então são mãos e braços
Beijos e abraços
Pele, barriga e seus laços
São armadilhas e eu
não sei o que faço
Aqui de palhaço
Seguindo seus passos

Se espalham pelos pêlos
Boca e cabelo
Peitos e poses e apelos
Me agarram pelas pernas
Certas mulheres como você
Me levam sempre onde querem…”

 


Categoria: Variedades | Sem Comentários »