ceia | UmMetrossexual.com

UM ANO NOVO? RÉVEILLON 2008

30 dezembro, 2008 por Gabriel Aguilar

Quase me esqueço de falar das festas de réveillon… são demais!!! Aliás, como já disse, aqui no Brasil, devido ao clima, algumas pessoas tem o costume de ir para a praia (mesmo que quase sempre chova) e ver a queima de fogos para receber o ano novo. No México, já que é muito frio, o costume é de participar (de novo, já que no natal também houve outra ceia – no natal…) da ceia de ano novo, que aliás, é muito mais comemorada que o próprio natal. É muito tradicional que à meia-noite as pessoas se abracem (no México, einh!!!) e que depois desse abraço corram para ver a queima del viejito, algo assim como um “malhar o Judas” só que desta vez as pessoas fazem um “velinho recheado de fogos de artifício” e que é queimado às 12h00min.

É muito interessante o fato de mudarmos o ano cível, sendo que a cronologia e os horários são bem diferentes, por exemplo, no dia 30 vemos que países de outros continentes já comemoram essa passagem de ano. Nós, aqui, no Brasil, devido a esse horário de verão, comemoramos com uma hora de diferença a “chegada do novo ano”… e nem sequer sabemos em que ano estamos, rssss.. Calma, deixem explicar, a história, para nos ocidentais, se divide na famosa contagem de Antes de Cristo (A.C.) e Depois de Cristo (D.C.), e daí contamos o ano em que nós estamos. Isto é diferente para alguns povos como os judeus, que comemoram ano em curso (acho que é) de 5768, para os chineses o ano é 4705. Essa contagem foi feita por um monge chamado Dionísio, no século VI, ele tentou contabilizar, com base nos dados históricos e bíblicos, quantos anos haviam-se passado desde o nascimento de Jesus até esse momento, e ao fazer as contas descobriu que se haviam passado 753 anos desde a fundação de Roma e do momento em que o imperador Augusto (Otávio) governara a Cidade Eterna, junto com esses dados vem os da Palestina, a época em que Tibério era o cônsul da região… Só que nosso bom monge Dionísio errou no cálculo e não incluiu quatro anos em que Augusto usou o nome de Otávio para governar. Assim, nossa contagem de anos está errada, e vivemos com uma margem de erro de quatro anos (até parece um dado dessas pesquisas ibope, ou algo assim!!! rsss ). Quem definiu, em 1582, que todos, no ocidente deveríamos seguir esse “calendário” foi o Papa Gregório XIII. E assim é que nossa tem vivido até hoje. Já o uso dessa nomenclatura de AC ou DC, foi usado pela primeira vez em 1620, por um astrônomo francês chamado DENIS PETAU.
No Brasil o nome de Réveillon, para a festa de final de ano se deve a um verbo de origem Francês que réveiller que significa “despertar”. Essa comemoração, do ano “novo” é bem antiga, os romanos comemoravam no que hoje é dia 01 de janeiro o dia de um deus e daí provem o nome do primeiro mês Janeiro, que se remete ao deus Jano, um deus que tinha duas faces e que uma delas olhava para o passado e outra para o futuro… daí nosso primeiro mês ter esse nome.

Não acho que seja tão relevante saber se estaríamos no ano 2013, ou se é 2009 ou não, acho que o importante é brincar um pouco de ser o deus JANO, ou seja, olhar para o passado e crescer no futuro com essas experiências que tivemos no ano que se finda.

UM FELIZ 2009 (ou 2013) PARA TODOS!!!


Categoria: Cultura | Sem Comentários »

FELIZ NATAL?!

24 dezembro, 2008 por Gabriel Aguilar

No embalo das datas que comemoramos, muito me chama a atenção ver o quanto essa data se converteu numa data “comercial”. Na verdade, espero não chocá-los: comemoramos algo que foi “imposto” pela Igreja Católica (da qual faço parte, rsss). Pois é, os historiadores apontam que nesse dia (25 de dezembro) havia uma antiga comemoração, que bem provável tenha sua origem na Antiga Mesopotâmia, e que foi adotada pelos antigos romanos. A festa se chamava “o dia do sol invicto” (ou a festa do sol invicto) e nada mais era do que o dia em que o sol “cobrava mais força” no solstício de inverno. Foi uma data escolhida por Júlio César, na reforma do calendário romano; mas o então Papa, Gregório Magno, irritado ao ver que os “novos” cristãos ainda comemoravam essa festa (os romanos acordavam cedo para ver o sol nascer e ficavam “contemplando-o” durante um longo período), fez uma relação do SOL INVICTO QUE ILUMINA A ESCURIDÃO, com a passagem da Bíblia, do cântico de Zacarias (Lucas 1, 68-79) que disse que nos visitará o sol que nasce do alto para iluminar os que jazem nas trevas. Perfeito, pela autoridade papal a festa estava instaurada. Esse verdadeiro sol que deveria ser adorado era Cristo, nesse dia deveria ser comemorado o nascimento de Jesus, o filho de Deus.

Na verdade, os historiadores não definiram um mês certo da data de nascimento de Jesus, alguns dizem que é bem provável que Cristo tenha nascido em abril, outro que em março, e assim por diante… O que interessa é que pela história e tradição uma boa parte do mundo se volta para esta comemoração em que um menino, filho de Deus se fez homem e três reis foram visitá-lo… Não quero entrar no mérito da discussão, meu interesse é que tenhamos em conta que é uma data cada vez mais fortalecida pelo comercio, pelo poder de aquisição, em cada país o comemora de acordo com as tradições e o clima, por exemplo, no México, onde nasci, faz muito frio, muito mesmo (minha cidade é muito alta e aos pés do vulcão Citlaltepec) e era costume que nesse dia fossemos à Igreja, antes de irmos meu pai nos dava muitos presentes, que em geral era roupas de inverno, as comidas eram comidas “quentes” e bem picantes. Além de termos tradições próprias como as chamadas POSADAS, são, em princípio, festas religiosas, como se fossem festas juninas, aqui no Brasil, e claro depois essas famosas posadas se transformaram em festas meio pagas, com muita tequilaaaaaaa e musica. Dessas ai, tenho saudade. Quando cheguei ao Brasil um dos meus choques culturais era sentir o calor próprio da estação e não comemorar essa noite com um cachecol ou blusa de lã… Mas no fundo gosto da idéia de saber que existe uma data em que o mundo vê, na fragilidade de uma criança, um símbolo de paz e de união. Acho que é uma boa data para comemorar, acho que um bom pretexto para estarmos perto dos nossos seres queridos, acho que é uma boa data para descansar depois de havermos trabalhado durante um ano… E por último acho que é uma boa data para que juntos pensemos na PAZ e num mundo melhor…

FELIZ NATAL!


Categoria: Cultura, Variedades | Sem Comentários »

RECEITA DE RABANADA LIGHT

19 dezembro, 2008 por Nutricionista

Outro dia fiz um post sobre como tentar manter a dieta no natal e ano novo e hoje deixo para vocês uma receitinha de um dos pratos mais deliciosos do natal, a rabanada!
Eu particularmente adoro rabanada e é impossível não comer nesta época do ano, quando ela aparece na mesa.
Mas não dá para exagerar, pois essa é uma delícia bem calórica e para amenizar os estragos, procurei uma receitinha light para poupar algumas calorias e a que selecionei tirei do site do Terra, pois me pareceu ser bem saborosa além de ser light.

Mas como já disse antes em outro post, não precisamos ser tão radicais com a dieta no natal e ano novo, por isso aproveitem bem essas guloseimas (sem exageros) e depois uma corridinha no dia seguinte sempre ajuda né?

rabanada

Rabanada Light6 pães franceses amanhecidos

  • 1 xícara de chá de leite desnatado
  • ½ lata de leite condensado light
  • 2 gemas
  • 1 colher de sobremesa de margarina light para untar
  • 2 colheres de sopa de canela em pó
  • 1 colher de chá de adoçante granular em pó

Modo de preparo

  • Aqueça o forno em temperatura média (180 graus)
  • Apóie o pão numa tábua e corte em fatias grossas como se fossem torradas
  • Coloque o leite, o leite condensado e as gemas num recipiente e misture até obter um creme homogêneo.
  • Mergulhe as fatias de pão no creme para absorverem o líquido, mas retire rapidamente para não encharcarem.
  • Unte uma assadeira com a margarina light e distribua as fatias de pão, na assadeira, deixando um espaço entre elas.
  • Leve a assadeira ao forno pré-aquecido e deixe assar por cerca de 15 minutos e após esse tempo vire as rabanadas e deixe assar por mais 15 minutos.
  • Retire-as do forno e coloque sobre um prato. Polvilhe a canela e o adoçante e sirva em seguida.

Boas festas!!
Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.


Categoria: Nutrição, Saúde | 3 Comentários »

DIETA DE NATAL E ANO NOVO!

8 dezembro, 2008 por Nutricionista

Dezembro chegou e com ele as festas mais legais do ano (em minha opinião) natal e ano novo!! Época onde as pessoas renovam seu espírito de paz, caridade, amor ao próximo e também esperanças de um ano novo melhor, mais feliz, produtivo, bonito, e com isso muita gente renova também a promessa de levar a sério a dieta que ensaiou o ano inteiro para fazer, porque afinal de contas não é só o natal e ano novo que estão ai e sim a estação do ano mais quente e gostosa, o verão.

Por isso começa já a corrida contra o tempo para perder uns pneuzinhos aqui, uns quilinhos ali e ai aparecem as mais milagrosas dietas do planeta. Mas o fato é que aquela gordurinha localizada não apareceu do dia para noite no seu corpo, então não será em 2 semanas ou 1 mês que ela irá embora. O que você precisa fazer é continuar seguindo com sua dieta e rotina de exercícios com persistência, pode inclusive adicionar isso à sua lista de mudanças e planos para 2009, por exemplo: “em 2009 vou continuar, ou intensificar, meus esforços para conquistar o corpo e a saúde que desejo”.
Mas como conseguir persistir nesse objetivo com tantas festas de final de ano de empresa, happy hour para entrega de presente de amigo secreto, ceia de natal, ceia de ano novo?…é muita comilança, não dá para escapar!!! Dá sim, pelo menos dá para amenizar os prejuízos.
Primeiramente tente seguir sua alimentação o mais saudável possível cortando sempre que puder os doces e frituras, pois você sabe que mais cedo ou mais tarde neste mês, você ainda irá se deparar com essas tentações em alguma ocasião.
Abuse das frutas, verduras, sucos e alimentos naturais, pois nos happy hours vai ser difícil fugir do choppinho e da porção de calabresa ou batata frita, porém se você for bastante determinado e conseguir pedir um suco, ponto pra você. Uma dica boa também é fazer um lanche antes de sair com os amigos para o bar, para quando chegar lá não atacar tudo que ver na mesa. Esse lanche pode ser um sanduíche natural, frutas com iogurte etc.

Já na ceia de natal não dá para evitar certos abusos, mas lembre-se que você não é escravo de ninguém, nem mesmo da sua dieta, por isso comemore suas festas sem peso na consciência, mas só tome cuidado com as especiarias de natal: nozes, amêndoas, castanhas etc, pois apesar de serem excelentes fontes de proteína vegetal, vitaminas antioxidantes e gorduras monoinsaturadas e poli insaturadas (boas para o coração), elas são altamente calóricas se consumidas em grandes quantidades.
Já na festa de Réveillon, nem sempre as pessoas se preocupam com uma ceia tão farta, pois a maior atenção está na festa e contagem regressiva para a chegada do novo ano! Por isso talvez seja mais fácil controlar o que se come, mas também, se você abusar um pouquinho no natal e ano novo, nada que meia horinha a mais de corrida não resolva, o que não vale é ficar de resseca uma semana inteira depois da virada né?
Por isso aproveitem bem os últimos dias do ano e boas festas!

Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.


Categoria: Nutrição | 3 Comentários »