água | UmMetrossexual.com

ÁGUA E COCA-COLA, E AÍ?

29 junho, 2011 por Gustavo Tijolo

Não sei se todas as informações e dados sobre a Coca-Cola são realmente verdadeiros, mas vale uma reflexão!


Categoria: Saúde | Sem Comentários »

COMO PARAR COM O SOLUÇO?

9 setembro, 2009 por Gustavo Tijolo

Esses dias tive soluço, uma crise de soluço, ôôô coisa chata, né!

Foi aí que me perguntei por que existe o soluço, o que causa o soluço? E qual a melhor técnica para parar com o soluço?

Pesquisei e descobri que o soluço é causado por um espasmo no diafragma. Espasmo no diagrama é nada mais que uma irritação que pode ser causada por:

  • Engolir muita comida ou ar;
  • Ingerir comida apimentada;
  • Fumar e ou beber em excesso;
  • Sofrer uma mudança brusca de temperatura dentrou ou fora do estomago;
  • Emoções (choque, entusiasmos, estresse).

No meu caso, o que pode ter gerado o soluço foi uma mudança de temperatura e eu parei o soluço prendendo a respiração algumas vezes.

Então, como parar com soluço?  Se for um “simples” soluço, todas as técnicas que existem são caseiras e populares, como:

  • Beber água rapidamente;
  • Prender a respiração;
  • Respirar dentro de um saco de papel;
  • Levar um susto.

Todas essas técnicas estão ligadas com o emocional, com a distração da mente e muitas vezes resolvem, mas se você tem soluços constantes e dificuldade para acabar com isso, procure um médico, pois esse simples soluço pode ser uma doença se manisfestando como : anestesia – asma – câncer – medo – febre – um corpo estranho na orelha – glaucoma – ataque cardíaco – hérnia – histeria – infecção – insuficiência renal – meningite – esclerose múltipla – distúrbios de personalidade – faringite – calmantes – choque – derrame cerebral – trauma.

Fonte: http://saude.hsw.uol.com.br/


Categoria: Saúde | 26 Comentários »

HIDRATAR É PRECISO!

31 outubro, 2008 por Nutricionista

Há alguns meses escrevi um artigo sobre hidratação explicando a forma correta de se hidratar antes, durante e depois da atividade física, além de sua importância nos exercícios.
No entanto estou novamente escrevendo sobre o assunto, para reforçar aos leitores a importância da água em nossas vidas, pois o calor está chegando e principalmente nesta época devemos dar atenção à ingestão de líquidos.
Apesar da água não fornecer energia como os carboidratos, por exemplo, ela tem um papel fundamental na formação de energia, devido às reações energéticas que ocorrem em seu meio, por isso a grande necessidade da ingestão adequada de água para mantermos o vigor e a energia durante a atividade física.
A energia extra produzida durante os exercícios causa um aquecimento corporal, elevando a temperatura interna. A transpiração é a maneira utilizada pelo organismo para livrar-se dessa temperatura extra. Em dias quentes de verão transpiramos ainda mais e perde-se mais água pelo suor e se não houver uma hidratação adequada, poderá ocorrer a desidratação que entre outros sintomas, leva a uma diminuição do desempenho dos exercícios e assim nos sentimos esgotados mais rapidamente.
Os sintomas da desidratação podem ser observados precocemente, porém, dependendo do grau de desidratação pode ocorrer conseqüências graves. Alguns dos sinais mais leves de desidratação são: fadiga, perda de apetite, pele avermelhada, intolerância ao calor, tontura, urina escura com odor forte e tosse seca.
Quanto aos sinais mais graves, pode ocorrer dificuldade para engolir, letargia, falta de coordenação pele enrugada, olhos fundos e visão turva, dor ao urinar, pele sem sensibilidade, espasmo muscular e até delírio.
Manter-se hidratado não requer apenas a ingestão de água, mas também pode-se consumir frutas e vegetais que contêm cerca de 75% a 90% de água em sua composição que será absorvida durante a digestão. Sucos, chá, leite e bebidas esportivas também são boas formas para manter uma adequada hidratação, porém tudo isso não é suficiente para manter o corpo hidratado. É necessário ingerir de 8 a 10 copos de água pura por dia e até mais para repor os líquidos perdidos em exercícios físicos.
A água pode até ajudar a nos manter magro, de forma indireta, claro. Pois os rins, responsáveis pela filtração dos produtos residuais do organismo, necessitam de certa quantidade de água e na sua falta, o fígado acaba “ajudando” os rins a realizar essa filtração, porém o fígado é o responsável (entre muitas outras funções) por mobilizar gorduras de reserva para gerar energia e se ele precisar realizar funções extras, ele não irá desempenhar a sua tarefa de queimar gorduras de forma apropriada, conseqüentemente, a queima de gordura fica comprometida.
Essa é só mais uma de várias qualidades da água, sua importância vai muito, além disso, porém aqui deixo apenas um lembrete (até como um alerta) para que nesse verão vocês abusem da água e dos líquidos, como a água de coco, por exemplo, excelente para refrescar e hidratar em dias quentes.
Aproveitem o verão que está próximo, com bastante saúde e disposição!!!

Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.


Categoria: Nutrição, Saúde | Sem Comentários »

ALGAS TÓXICAS NAS REPRESAS DE GUARAPIRANGA E BILLINGS

18 setembro, 2008 por Gustavo Tijolo

Percebeu um gostou ruim na água do filtro da sua casa? Escovou os dentes e sentiu algo estranho na água da torneira? Eu percebi esse algo estranho na água, e esse algo estranho são algas tóxicas das represas de Guarapiranga e Billings. Tóxico, como assim? Bom, a Sabesp nega que essas algas prejudiquem a qualidade da água que é distribuída a população, mas se você entrar em contato direto  com a água não tratada pode pegar micose.

Análise do Instituto de Botânica da Secretaria Estadual do Meio Ambiente detectou a existência de três tipos de algas tóxicas nas represas Guarapiranga e Billings.

Segundo o estudo, a presença dessas algas não é novidade. A preocupação de especialistas é com o crescimento exagerado desses organismos, principalmente em sistemas voltados para o abastecimento _o caso da Guarapiranga. O descontrole na quantidade das algas pode contaminar a água.

A ambientalista Marussia Whitaker, do Instituto Sócioambiental, afirma que a situação atual da Guarapiranga é propícia à reprodução dos organismos, que se alimentam, basicamente, de material orgânico presente no esgoto.

“O nível da água está abaixo do normal, mas a quantidade de esgoto na represa é a mesma. Isso significa que as algas têm mais comida”, diz Marussia. Com mais comida, as algas se reproduzem com mais facilidade.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br


Categoria: Saúde, Variedades | 2 Comentários »