Um Metrossexual - A REVISTA ONLINE DO HOMEM MODERNO - Part 2

OFICIAL: ESQUEÇA O FILTRO SOLAR E ACREDITE NO CONHECIMENTO

20 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo

Taí, gostei! 😉

 

Esqueça o filtro solar e acredite no conhecimento é o primeiro curta-metragem da SUPER e traz 12 conselhos científicos para uma vida mais interessante.
Acredite no conhecimento. Enxergue SUPER

Ideia Original – Kleyson Barbosa
Roteiro – Cláudia Fusco, Kleyson Barbosa e Raphael Erichsen
Ator – Rodrigo Arijon
Direção – Raphael Erichsen
Direção de fotografia/Câmera – Rodrigo Braga
Montagem – Tiago Berbare
Produção – Amanda Rodrigues
Pós-Produção – Sindicato Filmes
Coordenação de pós-produção – Tiago Berbare
Som Direto/Edição de som – Daniel Téo
Assistente de direção – Clarice Laus
1* assistente de câmera – Bruno Cas
2* assistente de câmera – Fábio Costa
Direção executiva – Edson Bottura
Coordenação executiva – Josi Campos
Assistente de coordenação — Caio Caprioli
Diretor de Redação da Superinteressante — Sergio Gwercman

“Noite Americana”, “Orange Trafic Cones”, “Way back home” e “Afterglow” gentilmente cedidas por Driving Muisc
www.driving-music.net

Produção – 3filmgroup.tv
Realização – SUPERINTERESSANTE


Categoria: Variedades | Sem Comentários »

O QUE DIRIA LANCE ARMSTRONG DESSA CORRIDA?

20 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo

Era um vez, um entregador de jornais com sua humilde bicicleta e muitos kg a mais e alguns ciclistas profissionais, eles se cruzaram em uma estradinha e então…

Impressionante, não? :)

Via Brogui


Categoria: Esporte, Variedades | Sem Comentários »

VOCÊ É VEGETARIANO? TEM CERTEZA?

20 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo


Categoria: Variedades | Sem Comentários »

O MAIS NOVO CONTROLE REMOTO

14 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo

… do homem! E o da mulher como seria?


Categoria: Variedades | Sem Comentários »

COMO 90% DAS PESSOAS ACORDAM QUANDO ESTÃO DE RESSACA

14 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo

Fonte: recebi por e-mail


Categoria: Variedades | Sem Comentários »

OS BASTIDORES DA BALADA

14 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo

Conheça os bastidores da balada, não dá pra publicar o vídeo aqui no blog, mas clica aí na imagem que abre o site com vídeo:

Vale muito a pena, acredite! :)


Categoria: Variedades | Sem Comentários »

15 DICAS PARAR ACERTAR NA ESCOLHA DA GRAVATA

13 outubro, 2011 por Luciana Garcia

Gravata é um acessório admirado por muitos homens – e mulheres –, e odiado por outros. Mas, em algum momento da vida, dificilmente um cavalheiro escapa de ter de recorrer a ela. Portanto, guarde bem as dicas a seguir:

 

 

  1. A gravata precisa aparecer. Ela é o destaque no traje masculino. Assim, evite tons e estampas que fiquem “camuflados” na camisa. Em geral, fica elegante a gravata mais escura que o terno.
  2. Terno preto e camisa branca são os clássicos que ficam bem com praticamente qualquer tipo de gravata. Na dúvida, recorra a eles.
  3. Camisas listradas pedem gravatas lisas. Se você usar uma gravata listrada sobre listras, o excesso de informação acaba incomodando a visão de quem olha para você, em vez de passar uma imagem harmônica, elegante e agradável.
  4. Camisas lilás estão na moda. Para elas, a gravata ideal é a da mesma cor, ou arroxeada. Dependendo do tom, pode ser que um grafite na gravata também caia bem; vale a primeira regra: a gravata precisa sobressair.
  5. Gravatas estampadas ficam bem sobre camisas lisas. Informação demais cansa em vez de atrair.
  6. Gravatas de cores exuberantes, como verdes e amarelos, ficam bem sobre camisa branca, para não haver erro. A amarela pode ir sobre uma camisa de tom amarelo bem clarinho ou azul, caso tenha algum detalhe também em azul. E, se a camisa tiver um tom de bege clarinho, também aceita bem a gravata verde.
  7. Camisas pretas ficam ótimas com gravatas em prata escuro e bordô. Uma gravata também preta com listras brancas também fica muito harmônica.
  8. Camisas de cores fortes pedem gravatas mais neutras, que acabam contrastando naturalmente e sem exagero. Por exemplo, uma camisa bordô fica ótima com uma gravata em tom cinza-claro.
  9. Se você optar por uma gravata em relevo, cuide para que a camisa não tenha detalhes que “briguem” com o desenho. Se o relevo for bem discreto, pode ir sobre uma camisa listrada – desde que você se sinta seguro para criar a combinação.
  10. Se a gravata tiver mais de uma cor, é interessante que um dos tons esteja presente na camisa; na dúvida, essa regra é valiosa.
  11. As gravatas mais refinadas são as de jacquard e as de seda, e as mais simples, de poliéster – usadas em situações menos formais. As de jacquard com nó italiano (aquele mais grosso) são consideradas muito elegantes.
  12. Em ocasiões muito formais, é mais elegante usar gravata discreta.
  13. Ternos sequinhos pedem gravatas de espessura fina, enquanto os mais largos pedem gravatas maiores.
  14. O comprimento da gravata deve chegar à fivela do cinto.
  15. Gravatas engraçadinhas fizeram sucesso nos anos 80 e início dos 90 (quem não se lembra das usadas pelo querido Didi Mocó?!), quando alguns empresários quiseram passar uma imagem de descontração no ambiente corporativo. Como nessa época tudo era muito over, fazia parte do contexto, e foi uma manifestação legítima. Porém, se pensarmos bem, a função da gravata é exatamente a de transmitir formalidade, então, será que não faz mais sentido deixar de usar uma do que bancar o engraçadinho?

 

 

Se, por fim, você tiver muito problema em fazer o nó, não se desespere: não é difícil encontrar nas lojas gravatas com o nó já pronto! Ou ainda veja esse nosso post que ensina como fazer um belo nó de gravata:

COMO FAZER NÓ NA GRAVATA?

 

* Para este texto tive a gentil colaboração da Cristiane Gonçalves Lima, gerente de uma das lojas Ophicina de Costura, que oferece grande variedade de tipos e modelos de gravata: www.ophicinadecostura.com.br

 

* Para mais informações sobre terno, leia um outro artigo nosso Festa de casamento: como não errar na roupa.


Categoria: Moda | Sem Comentários »

COMO FAZER OS HOMENS LAVAREM AS MÃOS APÓS IREM AO BANHEIRO?

13 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo

Tarados! :)


Categoria: Variedades | Sem Comentários »

MEU LIVRO DE RECEITAS SADIA

13 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo

Esses dias, estava procurando uma tesoura em casa e acabei encontrando-a na gaveta da cozinha no meio de um monte de livros de receitas da minha mãe, aí fiquei pensando… Livro de receitas, que coisa antiga né!? :(

Tinha um caderno com várias receitas escrita a mão, a diagramação estava até bacana, era assim: ingredientes, modo de preparo, quantidade.

Aí fiquei pensando, por que não um livro de receitas digital? Onde eu possa compartilhar com a família e amigos?

Enfim, isso já existe… rs…

www.meulivrodereceitas.com.br é um site desenvolvido pela Sadia, e eu gostei bastante da proposta, já cadastrei duas receitas no meu perfil, e essas duas receitas também já foram publicadas aqui no blog, olha aí:

Então #ficadica, vale a pena navegar pelo site www.meulivrodereceitas.com.br, pois tem várias receitas clássicas e especiais, como essa do Bolo de Cenoura, que eu particularmente adoro.


Categoria: Nutrição | 2 Comentários »

11 DICAS PARA APRENDER A TOMAR CERVEJA!

13 outubro, 2011 por Gustavo Tijolo

Recebi por e-mail e resolvi compartilhar, o que eu mais gostei foi a dica da espuma, pois eu sempre tenho o cuidado de virar a o copo e deixar aquele colarinho na medida.

Mas vamos lá, seguem as “dicas”:

São informações obtidas de um dos Mestres-Cervejeiros da Antárctica. É para acabar com certos folclores, do tipo, “o meu sem colarinho” etc… Além disso, leiam com atenção o item 11.

  1. Uma latinha de cerveja tem exatamente a metade das calorias de um copo de suco de laranja (sem açúcar!)… Já aquela calabresa com cebola frita que sempre acompanha…
  2. Cerveja sai pronta da cervejaria: não pede, portanto, envelhecimento. Quanto mais jovem for consumida, melhor será seu sabor. Dura em média 90 dias.
  3. Deve ser guardada em pé, em lugar fresco e protegida do sol, para evitar oxidação prematura.
  4. Deve resfriar na geladeira sem pressa. “Não coloque no freezer, pois a violência no congelamento prejudica a bebida”, afirma Cássio Picolo, um dos maiores experts de cerveja no Brasil.
  5. Depois de gelada, deve ser consumida e jamais voltar à geladeira.
  6. A temperatura ideal para saborear as do tipo pilsen é entre 4 e 6 graus. Tomá-las “estupidamente geladas”, como se diz, prejudica tanto a formação de espuma na cerveja, quanto “adormece” as papilas gustativas, comprometendo o sabor.
  7. Copos e canecas pequenos e de cristal são os ideais, pois mantêm melhor a temperatura e a espuma. Evite canecas de alumínio, que, além de feias, tiram o prazer de apreciar o visual do líquido dourado.
  8. Resíduos de gordura no copo são fatais para a bebida: acabam com o colarinho e liberam o gás carbônico, deixando o líquido meio choco. Idem para resíduos de detergente.
  9. “Tomar cerveja sem colarinho é uma heresia”, ensina outro expert, Norberto D’Oliveira Neto. “Dois dedos de espuma são ideais para reter o aroma e evitar a liberação do gás carbônico.”
  10. A espuma cremosa revela a persistência e bom estado da cerveja. Para aproveitá-la melhor, sirva derramando uma dose. Depois, espere baixar o colarinho. Em seguida, incline o copo até 45 graus, despejando o líquido devagar enquanto o colarinho sobe.
  11. Com 90% de água, a bebida é hidratante. E com apenas 3 a 5 graus de álcool, como as do tipo pilsen, a cerveja estimula o metabolismo, pelo menos quando ingerida moderadamente. Além disso, é rica em vitaminas, carboidratos, proteínas e aminoácidos. Apesar disso, não engorda; é folclore associar o consumo de 80 calorias de um copo de 200 ml com a formação de barriga. Os acompanhamentos gordurosos é que engordam.

 

Um brinde a cerveja! :)


Categoria: Variedades | Sem Comentários »