junho, 2014 | UmMetrossexual.com

QUAIS AS DIFERENÇAS ENTRE O ENSINO MÉDIO E A FACULDADE?

17 junho, 2014 por Gustavo Tijolo

Muitos estudantes ingressam na faculdade com o pensamento de que os métodos utilizados nos cursos superiores são os mesmos do ensino médio. Mas trata-se de um grande engano. Logo nas primeiras aulas os alunos podem perceber isso. As diferenças são grandes e, muitas vezes, é preciso um preparo para enfrentar essa mudança de hábitos.

estudante na faculdade

Na faculdade quem comanda suas ações é o próprio aluno, ao contrário do ensino médio, quando o corpo docente, formado por professores e coordenação, organiza todo o planejamento de estudos para o estudante. Para entender melhor, listamos abaixo algumas das principais diferenças, assim, você que está entrando na faculdade agora poderá compreender como funciona e o que mudará na sua vida de agora em diante.

Em relação a liberdade pessoal, enquanto no ensino médio você tem de seguir a maioria das normas à risca, na faculdade você será responsável por suas decisões e seu tempo. Um claro exemplo é que durante o colégio você era avisado sobre suas responsabilidades e corrigido se seu comportamento não estivesse adequado. Já na faculdade você deverá controlar seus afazeres e ser responsável pelo que faz e o que não faz.

Na faculdade, toda correspondência é enviada diretamente à você. Assim, deverá ler tudo que for te encaminhado e responder por esse conteúdo. No ensino médio, como sabemos, as correspondências são encaminhadas aos pais e eles são responsáveis por tudo que você faz no ambiente escolar.

A responsabilidade também será maior na questão financeira quando você ingressar no curso universitário. Qualquer necessidade básica deverá ser sanada por você. Já no colégio você só precisa de dinheiro para compras ou eventos especiais.

No ensino médio é comum o aluno precisar de uma autorização para participar de atividades extracurriculares. Na faculdade é o contrário, o estudante decide e controla quando deve participar de tais atividades, sem a necessidade de uma permissão específica.

Outras mudanças são percebidas em sala de aula, como a diminuição da carga horária. Enquanto no ensino médio o aluno costuma ter cerca de 30 horas semanais de aula, na faculdade a carga não costuma ultrapassar 16 horas. Além disso, o ano acadêmico é dividido em semestres e não em anos, como no colégio.

Na universidade algumas turmas podem chegar a ter 90 alunos, enquanto na escola esse número não passa de 35.

Livros universitários de estudos costumam ser mais caros que os usados no colégio, que por muitas vezes são até gratuitos ou fornecidos na biblioteca. Alguns estudantes chegam a gastar até R$ 800 em livros e materiais durante um semestre letivo de seu curso superior, dependendo da área.

Quem muda de comportamento também são os professores, que deixam de conferir as tarefas de casa. Na faculdade, eles deixam a decisão para você entre fazer ou não a tarefa ou estudar para uma prova. Durante o ensino médio, eles te lembram sobre trabalhos incompletos. Já na faculdade isso não acontece.

O controle de faltas também vira uma responsabilidade absolutamente sua durante o ensino superior. No ensino médio, os professores costumam controlar a ausência do aluno e alertá-lo sobre uma possível reprovação em decorrência desse problema.

Na faculdade o número de provas é menor. Mas não pense que isso facilita a aprovação, pois é necessário estudar todo o conteúdo do semestre e os testes são mais difíceis. Em caso de notas baixas, requisite uma prova de recuperação, se esta for disponível.

Uma dica para quem estiver ingressando na universidade é aproveitar e fazer uso de novas mídias, como aplicativos estudantis. Um bastante conhecido é o “Passei Direto“, que além de promover a integração entre alunos de diversas faculdades do país, tem acesso ilimitado à inúmeros conteúdos que vão facilitar o seu aprendizado.

Outra dica bacana é o instalar o Aldiko, um leitor de PDF e ePUB. Como o volume do material de leitura costuma ser grande, vale a pena pesquisar online e economizar na compra de livros e com xerox sempre que possível.

Por último, lembre-se que o ambiente universitário é de grande importância para o seu crescimento pessoal e até profissional. Por isso, a dedicação é o fator mais decisivo para de ser bem e tirar boa notas.


Categoria: Cultura, Variedades | Sem Comentários »