ROUPAS PARA SOBREVIVER NO VERÃO |

ROUPAS PARA SOBREVIVER NO VERÃO

15 fevereiro, 2011 por Luciana Garcia

Uma amiga me contou que foi ao teatro recentemente e que viu, na plateia, um espectador vestido de bermuda e chinelo. Detalhe: não se tratava de um despojado stand-up – o que já não seria ideal –, e sim de uma superprodução musical. E isso me fez cair na questão: afinal, como os homens podem sobreviver mantendo a boa aparência no calor intenso do verão?

Antes de mais nada, não é demais dizer que, em qualquer apresentação em que os artistas estejam presentes, vestir-se de maneira distinta é uma forma de dizer: “Estou aqui por sua causa e respeito/ admiro você”. Mas, considerando a questão do conforto e do bem-estar, a principal dica para os homens é escolher roupas com tecidos leves. Não deixe de tocar as peças e sentir a textura delas principalmente quando estiver fazendo compras para o verão. Há muitas calças e blusas com malhas frias que, além de trazer uma sensação boa no corpo, garantem um caimento bastante refinado. E não é preciso gastar muito para isso. Mas é preciso, isso sim, gastar tempo para não ceder à primeira opção que aparece. Minha dica é dar um passada na Zara, uma loja que a todo verão traz boas peças em tecidos leves.  Nos pés, combine uma papete de qualidade ou um sapatênis leve.

A escolha das cores também é muito importante. Mesmo à noite, as roupas claras refletem mais a luz, em vez de absorvê-las, e isso é fundamental principalmente no caso das blusas. E, por falar em blusas, a não ser que você esteja na praia ou praticando esporte, nunca opte pelo uso de regatas! Não é apenas uma questão estética: além de não ser muito agradável a visão descoberta das axilas, especialmente em ocasiões relativamente formais, o cheiro direto do suor fica mais intenso a quem estiver próximo de você (mesmo que depile, o homem transpira mais que a mulher, daí a “proibição”), e tenho certeza de que ninguém se sentiria bem se isso acontecesse numa hora indevida.

Quanto à questão do uso adequado da bermuda, que preocupa bastante gente, minha sugestão é usá-las em ocasiões informais (churrasco, por exemplo) e procurar modelos de alfaiataria (modelos sociais) em vez do estilo cargo (cheias de bolsos laterais) em situações ligeiramente mais elegantes, porém ainda descontraídas como um barzinho a céu aberto no final da tarde. Para outras situações, opte por uma calça bem leve e uma blusa macia que o efeito será infinitamente melhor – inclusive recorrendo como alternativa à charmosíssima calça capri, na altura da canela, que pode ser usada também dobrada na barra.


Este post foi criado em: terça-feira, 15 fevereiro, 2011 ás 10:17 am na categoria Moda. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um comentário