TEM IMIGRANTES ILEGAIS NO MEU APARTAMENTO |

TEM IMIGRANTES ILEGAIS NO MEU APARTAMENTO

27 agosto, 2010 por Camilo Lima

Olá, no ultimo post falei de árabes e Judeus disputando espaço na fronteira de Israel, hoje vou falar de um filme que tem como cenário a situação de imigrantes nos EUA. O belo “O Visitante”, do diretor e roteirista Thomas McCarthy, estabelece uma metáfora interessante quando compara duas reações distintas à uma mesma situação – o contato com o novo e o diferente.

No micro, o professor viúvo Walter Vale (Richard Jenkins) se arrasta no marasmo de sua rotina até que sua vida se transforma ao viajar a trabalho para Nova York. Chegando ao seu apartamento – que não visitava há anos – encontra um jovem casal de imigrantes ilegais que ocupa o imóvel sem que ele saiba. Passa a conviver com esses hóspedes, que a princípio não foram convidados, e por caridade, curiosidade ou necessidade de mudança ali ficaram. Ficaram e despertaram o lado leve e alegre do viúvo inerte.

No Macro, esse hóspede é um imigrante ilegal que passa a ser perseguido pelo governo americano. Esse imigrante é um músico talentoso que teria muito a acrescentar, mas regras são regras…

O filme nos mostra que a inércia não traz nada de bom e que quando nos abrimos para o mundo podemos nos tornar melhores pessoas.

É verdade que o filme aborda a questão das políticas de imigração com certa ingenuidade, mas como acredito que isso é o contexto e não o tema central da obra não chega a comprometer…bom filme: sensível, bom argumento e atuações convincentes.

Espero que gostem! :)

O visitante – The Visitor

EUA , 2007 – 108 min

Drama

Direção:

Thomas McCarthy

Roteiro:

Thomas McCarthy

Elenco:

Richard Jenkins, Haaz Sleiman, Danai Gurira, Hiam Abbass


Este post foi criado em: sexta-feira, 27 agosto, 2010 ás 2:09 am na categoria Cultura. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

2 respostas Sobre “TEM IMIGRANTES ILEGAIS NO MEU APARTAMENTO”

  1. Gustavo Tijolo comentou:

    Muito legal essa visão sobre o filme, quando assisti esse filme meses atrás, não tive essa mesma reflexão de micro e macro!
    Não gostei muito do filme, ele eh bem parado, mas agora fiquei até com vontade de assitir novamente e me abrir para o filme e ver o que ele pode me trazer de melhor, seguindo o seu conselho!
    [ ] ´s

  2. MELHORES E ÚNICOS AMIGOS, ACREDITE! | UmMetrossexual.com comentou:

    […] No ultimo post comentei sobre um filme que mostrava uma amizade improvável entre um professor unive…, hoje vou falar de uma muito sensível, bem feita e engraçada animação em stop motion que também fala sobre amizades improváveis. […]

Deixe um comentário