14, junho, 2010 | UmMetrossexual.com

DICAS PARA ACABAR COM A CASPA NOS CABELOS

14 junho, 2010 por Gabriel Aguilar

Cuidar da nossa aparência é muito importante. Alias, com já dissemos em outros posts, cuidar do que é visível é fácil, cuidar daquilo que não é tão perceptível é o complicado. Digo isso porque nos pediram falar sobre cabelos e aqui vai a primeira parte (a segunda tratará de cortes de cabelo).

Na semana passada estive numa reunião com uma pessoa que ocupa um cargo importante num banco, aqueles que devem estar usando um terno no horário do expediente, e daí a tristeza: nos ombros do fulano havia muita caspa, algo assim se uma caixa de aveia (flocos finos) houvesse caído antes de sair de casa. Por que falo isso?

Primeiro porque qualquer corte de cabelo pode ser um aliado, mas se o cabelo não “tiver saúde” esqueçam… será um inimigo. Imaginem um moicano (embora eu não curta muito esse estilo de corte) cheio de caspa? Ou alguém que prefere um cabelo bem curto com aquele famoso “topete” e ao lado, ao invés de um cabelo bem curto, um monte de “flocos brancos”.

Acredito que até seja, em alguns momentos, um pouco de descuido, mas antes disso é necessário usar algo para que a caspa não acabe com o nosso cabelo.

– Como é que essa praga se forma em nossas cabeças? Li num site que a dermatite seborreica (a popular caspa) é indesejável, nada estética, desagradável mesmo. No inverno, ela pode piorar, graças aos banhos, que se tornam mais quentes, estimulando as glândulas sebáceas e piorando o quadro.

Há, hoje, muitos produtos que prometem acabar com esse mal, porém é necessário ter um pouco de cuidado ao escolher um xampu que não irrite o couro capilar. Alguns conselhos que as pessoas costumam passar são:

  • Se você for usar secador para o cabelo, prefira os secadores profissionais, que produzem mais vento do que calor;
  • Esse aqui vai para muitos que dormem com boné: nunca durma com os cabelos molhados nem coloque touca, boné ou capacete com o cabelo úmido. Isso favorece um ambiente quente e úmido para desenvolver os fungos que desencadeiam a dermatite seborreica;
  • Veja com seu dermatologista a possibilidade de você fazer aplicações de LED (luz emitida por diodo), que tem ação antiinflamatória, gomagem (uma espécie de peeling capilar) ou aplicação de luz UVA. Ele é o profissional ideal para aconselhar o melhor tratamento.

Categoria: Saúde | 2 Comentários »