31, agosto, 2009 | UmMetrossexual.com

INGESTÃO DE GORDURA FAZ BEM (COM MODERAÇÃO)

31 agosto, 2009 por Nutricionista

As gorduras normalmente são taxadas de vilãs da dieta, e existe uma grande preocupação em se manter o mais longe possível delas no dia a dia. Eu mesma já falei muitas vezes da importância de diminuir as gorduras da alimentação para levar uma vida saudável e obter bons resultados nos treinos de força ou resistência, porém não falei da importância da ingestão adequada das gorduras, principalmente das gorduras essenciais, ou seja, os ácidos graxos que devem ser obtidos através da alimentação.
As gorduras fornecem energia e contribuem para o funcionamento das células, além de participar da formação de hormônios, manter a pele macia e lubrificada protegendo as articulações e também atuar no transporte de vitaminas como A, D, E e K.
Mas as gorduras vilãs e que devem ser consumidas com moderação são as gorduras saturadas que podem aumentar os níveis de colesterol no sangue e aumentar o risco de doenças cardiovasculares são aquelas que são encontradas nas carnes vermelhas, manteiga, leite integral, creme de leite, embutidos etc.
Mas para manter uma dieta saudável devemos consumir gorduras poli e monoinsaturadas, provenientes dos peixes, óleos vegetais como o azeite extra virgem, óleo de gergelim, óleo de semente de linhaça, de girassol, de canola etc, nozes, castanhas, amêndoas e outras frutas oleaginosas.
Dentre as gorduras da alimentação, apenas dois ácidos graxos poiinsaturados, o ácido linoléico e o ácido linolênico (Omega-6 e Omega-3 respectivamente), são considerados essenciais, ou seja, o organismo não produz e eles devem ser obtidos através da alimentação, pois desempenham papel importante com ações semelhante a dos hormônios atuando no sistema cardíaco e imunológico.
É muito fácil conseguir atingir as quantidades desses nutrientes através da alimentação, consumindo peixes como o atum, por exemplo, pelo menos duas vezes por semana, usando o azeite extravirgem ou óleo de gergelim nas saladas, acrescentando linhaça ou frutas oleaginosas como a castanha ou nozes (2 a 3 unidades por dia).

Mas para aqueles que não gostam desses alimentos ou por algum motivo não podem consumi-los no dia a dia, existe a opção de suplementação de Omega-3 e Omega-6 onde pode-se ingerir cápsulas desses nutrientes de até 1 grama 2 vezes ao dia, mas é bom prestar atenção às marcas para saber a proporção de Omega que existe nas cápsulas e a qualidade do produto.
O equilíbrio entre os nutrientes é sempre a chave para uma alimentação adequada e ótima saúde, tudo isso reflete na disposição para atividade física e recuperação pós treino, por isso não exclua totalmente as gorduras da sua dieta, mas utilize o melhor que elas podem lhe oferecer.

Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.


Categoria: Nutrição | Sem Comentários »