CEREAL MATINAL |

CEREAL MATINAL

16 junho, 2009 por Nutricionista

Outro dia falei aqui como é possível manter uma alimentação saudável apesar da rotina pesada do dia a dia. A falta de tempo não pode mais ser uma desculpa para não fazer todas as refeições com qualidade.
Começar o dia com um café da manhã adequado é a base para um dia produtivo, com energia e bom humor, além de ser muito mais fácil manter a dieta mais regular ao longo do dia, pois se já começou bem a tendência é continuar bem.
Existem alguns alimentos que podem ser facilmente introduzidos na alimentação e assim enriquecer as refeições e lanches aumentando seu valor nutricional, que é o caso dos cereais matinais que podem ser grandes aliados para dar uma forcinha aumentando a ingestão de fibras e nutrientes da dieta.

Os cereais são alimentos ricos em fibras, proteínas e carboidratos além de vitaminas e minerais que ajudam regular as funções do organismo, principalmente quando junto a frutas, iogurte ou leite e além de gostoso, é um dos alimentos mais consumidos no café da manhã como, por exemplo, o Sucrilhos que é um dos cereais mais bem aceitos não só por crianças como também pelos adultos e contribui bastante para uma refeição mais equilibrada e cheia de energia para começar bem o dia.
As fibras dos cereais previnem doenças cardiovasculares além de regularizar o intestino e o amido presente nesses alimentos previne o câncer de colon e reduz o colesterol. Alguns cereais são mais açucarados e devem ser evitados por diabéticos, porém existem vários outros tipos de cereais no mercado que atendem à necessidades específicas, como a linha adulta da Kellogg’s. Já para quem quer controlar o peso, os cereais assim como qualquer outro alimento deve ser consumido nas quantidades adequadas que se encaixem dentro das recomendações de calorias diárias calculadas com o objetivo específico de perda de peso e um bom nutricionista pode ajudá-lo neste caso.

Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.


Este post foi criado em: terça-feira, 16 junho, 2009 ás 10:53 pm na categoria Nutrição. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um comentário