OBESIDADE EM PAUTA |

OBESIDADE EM PAUTA

6 março, 2009 por Nutricionista

A matéria de capa da Revista Época desta semana traz uma questão que é sempre assunto aqui no blog: “Por que estamos ficando mais gordos – e o que fazer para emagrecer?
Eu adoro, quando aparece esse assunto em capas de revistas ou em programas de televisão, sejam reportagens menores ou matéria de capa como esta. Gosto porque chama a atenção das pessoas e serve de alerta para essa questão tão importante: O mundo está ficando mais pesado! Isso mesmo… sem meias palavras é isso que está acontecendo, pois o Brasil passou por uma transição nutricional onde a desnutrição deu lugar a obesidade e vários fatores (sociais, econômicos, culturais, psicológicos e fisiológicos) contribuem diretamente para isso.
A matéria da revista Época começa com uma comparação da saúde de uma pessoa magra e uma obesa e achei ótima essa forma de mostrar que nem sempre os magros são saudáveis só porque estão com o peso normal, assim como o obeso também pode estar com seus exames em dia.
Isso se deve ao perfil metabólico que algumas pessoas podem ter onde a genética pode ser favorável ao acúmulo de gorduras no sangue, mesmo sendo uma pessoa magra, assim como um obeso pode ter genes que não favorecem a elevação dos níveis de colesterol e triglicérides, como foi dito na matéria.
É muito importante saber que não é apenas o estilo de vida e escolhas alimentares que determinam o quanto somos saudáveis, mas também a genética, para alertar a todos sobre a importância de uma alimentação mais saudável com produtos naturais.
O estilo de vida dos países ricos mostra o que acontece com aqueles que se alimentam de fast foods, produtos industrializados, e outros alimentos gordurosos e o mesmo está acontecendo em países em desenvolvimento como o Brasil, onde a população com excesso de peso ou obesidade aumentou de 16% para 40% segundo a Revista Época.
O perigo está nas doenças decorrentes do excesso de peso, o diabetes, hipertensão, hipercolesterolemia, levando a risco de infartos e acidentes vasculares.
Mesmo as pessoas de baixa renda, com poucos recursos até para a alimentação, estão muito acima do peso, pois o acesso aos alimentos ricos em gorduras e carboidratos simples está maior e a falta de orientação faz com que as escolhas alimentares sejam prejudicadas desde a infância. Nem o nordeste ficou fora disso. Segundo a matéria, a obesidade nesta região cresceu 60% em quatro anos, isso devido ao acesso a alimentos e produtos calóricos e de baixo valor nutricional.
Esse é um assunto que pode render vários posts e se deixar eu não paro mais de falar, pois mais do que orientar a melhor forma de se alimentar, ganhar músculos e se livrar da “barriguinha”, o meu dever é alertar aos perigos que a má alimentação nos leva.
A importância da boa nutrição vai além de estar sempre em forma com músculos definidos e barriga chapada, e toda vez que eu tiver a chance e o privilégio de comentar reportagens como essa para fazer com que, vocês leitores, estejam informados e atentos sobre o assunto, eu o farei com todo o prazer que esta profissão me dá!

Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.


Este post foi criado em: sexta-feira, 6 março, 2009 ás 11:39 am na categoria Nutrição, Saúde. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

6 respostas Sobre “OBESIDADE EM PAUTA”

  1. Gustavo Tijolo comentou:

    Juliana,

    O que é hipercolesterolemia?

    Obrigado

  2. Juliana Garcia comentou:

    Altos níveis de colesterol no sangue.

  3. Sandra comentou:

    A Nutricionista de Plantão, Juliana Garcia

    Apreceie muito a matéria, muito interessante.
    Nós devemos mesmo nos cuidar para quando chegarmos a ser idosos, continuarmos com saúde e bons hábitos alimentares.

  4. arilma comentou:

    amei a matéria. De fundamental importância pra quem quer ter uma qualidade de vida melhor, se livra de doenças nutricionais ou n , e pra quem quer ter uma terceura idade de qualidade e disposição sem depender de terceiros pois isso é possivel com uma boa alimentação associado com exercicios fisicos pois só assim sera possivem o corpo absorver os nutrientes ingeridos

  5. INGESTÃO DE GORDURA FAZ BEM (COM MODERAÇÃO) - Um Metrossexual - A REVISTA ONLINE DO HOMEM MODERNO - A REVISTA ONLINE DO HOMEM MODERNO comentou:

    […] o mais longe possível delas no dia a dia. Eu mesma já falei muitas vezes da importância de diminuir as gorduras da alimentação para levar uma vida saudável e obter bons resultados nos treinos de força ou resistência, porém não falei da importância da […]

  6. vani comentou:

    oi eu queria muito a sua ajuda ,já fiz muita dieta mas ñ adianta,agora eu estou comendo duas colh de arroz duas de feijão salada e um pedaço de carne é eu acho q vou morre gorda kkkk bjs

Deixe um comentário