UM POUCO DE SILICONE? |

UM POUCO DE SILICONE?

4 fevereiro, 2009 por Gabriel Aguilar

Como em outros posts havia dito, muitos dos nossos costumes e hábitos os adotamos dos gregos, alguns resistiram ao tempo e às culturas com as que se misturaram. Era normal, por exemplo, ver que nas Olimpíadas gregas os competidores participassem nus. Isso não era visto com maldade, muito pelo contrario, eles procuravam a perfeição do corpo, se esforçavam por reproduzir em suas esculturas essa perfeição. Os Romanos, dos que também herdamos alguns costumes e hábitos, também se esforçavam por cultuar o corpo, vale lembrar a máxima do poeta Juvenal (mais ou menos Século I ou II d.C.) “mens sana in corpore sano” – mente sã em corpo são. Esse provérbio resume a idéia da eterna procura de possuir um corpo perfeito, ou que pelo menos seja. Mas muitas das vezes me pergunto: O que é de fato um corpo perfeito? Ou, quem é que dita essa “normas” de beleza?

No nosso dia-a-dia somos totalmente influenciados pela mídia e pelos padrões que nos são “impostos”. Acho que devemos, os que gostamos de cuidar do corpo, levar em consideração o nosso biótipo, as nossas limitações, as nossas razões pelas quais cuidamos do corpo. Primeiramente, devemos procurar a saúde, fazer “nossos ajustes”. Acredito que seja muito mais produtivo gastar algum tempinho nas academias ou com uma boa alimentação. Assim cuidaremos melhor da nossa saúde e da nossa aparência. Digo isso porque não vejo um metrossexual autêntico colocando litros e mais litros de silicone para chegar ao corpo perfeito.

Digo tudo isso porque recentemente um dos meus alunos, sabendo que escrevo para esta coluna, me enviou este vídeo (que, se vocês tiverem um pouco de paciência, poderão ouvir algumas declarações um tanto bizarras) de um Tio español que conta como gastou 6000 euros “se deformando”. Par ver o que eu achava, o vídeo não é tudo do cara (graças a Deus), só vai até o minuto 2:43.

(o engraçado é ler alguns comentários como um que disse que a boca do espanhol ficou parecendo à do Coringa)

Gosto é gosto e sei que, em muitas das vezes, não deve ser discutido, mas o que eu discuto é essa forma exagerada de querer chegar a ser perfeito. No final o cara disse que ficou mais fácil paquerar… Você já imaginou quantos meses de academia poderia pagar com 20 mil  euros? Ou ainda, quantas consultas com uma nutricionista poderia ter? ou, quantos cuidados você poderia dar ao seu corpo com esses quase 60 mil reais???

Eu acho que um caso para se pensar, pois, os resultados de uma boa saúde (que se refletem num corpo saudável), são resultados duradouros, já, esse famoso silicone acho que é meio uma solução imediata.


Este post foi criado em: quarta-feira, 4 fevereiro, 2009 ás 11:00 am na categoria Cultura, Variedades. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

1 resposta Sobre “UM POUCO DE SILICONE?”

  1. Gustavo Tijolo comentou:

    Conheço uma pessoa que queria colocar silicone na panturrilha… rs…

Deixe um comentário