MICOS DO VERÃO |

MICOS DO VERÃO

13 janeiro, 2009 por Gisele Mota

Praias lotadas, sol de rachar e a galera na praia na maior “azaração“, este é o cenário perfeito para analisarmos os “micos do verão“.

Depois de uma temporada na praia, foi fácil observar a preocupação que os jovens têm com o corpo, estar em forma para caber naquela bermuda, ou para mostrar as gatinhas o tanquinho sarado, são só alguns grandes exemplos, mas e os pequenos detalhes como ficam?

Unhas do pé – tem algo mais nojento que você olhar para um rapaz e ver aquela unha grande, suja e cheia de micróbios? Pois é, e tratando-se de praia, não dá para encarar uma situação dessa não, embora haja quem se arrisque. O melhor é manter as unhas bem cortadas e limpas, para os que gostam de caprichar ainda mais, vale passar um esmalte, hoje em dia há marcas com esmaltes específicos para homens.

Insolação – nada de querer virar camarão, sei que são muito gostosos, mas se você não quer ficar com aquela casquinha durinha e todo ardendo, use e abuse do protetor ou bloqueador solar. Escolha de acordo com seu tipo de pele e o fator de proteção solar desejado. Após o banho, é recomendado passar um hidratante também de acordo com as características de sua pele.

Cabelos – muitos rapazes relutam para usar o condicionador após lavarem os cabelos no chuveiro. Digo por experiência alheia, pai, irmão, namorado… Mas eu insisto: “Passem o condicionador, tem um cheirinho bom e fica macio”. Na praia ele é fundamental, a água do mar e o sol judiam dos fios, ficam parecendo palhas, é preciso reparar esse mal com um bom creme durante o banho e depois com os chamados “leave-in“.

Depilação – virou mesmo moda, os rapazes estão mais lisos na praia, eles dão preferência para costas e barriga. Se você quer aderir à onda, escolha um produto seguro ou procure um profissional para ajudá-lo.

Sinta-se bem e fuja dos micos!


Este post foi criado em: terça-feira, 13 janeiro, 2009 ás 6:01 pm na categoria Moda, Variedades. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um comentário