O METROSSEXUAL EM CENA LÁ NA TERRINHA… |

O METROSSEXUAL EM CENA LÁ NA TERRINHA…

21 outubro, 2008 por Gisele Mota

Todo mundo sabe o quanto os portugueses gostam de mostrar o seu lado homem com H maiúsculo. O que vocês não sabem é que está em cartaz lá em Portugal, na Terrinha, a peça “Sexo & Batata Frita”, que conta a história de dois rapazes que por engano alugam a mesma casa e passam a morar juntos. Um é o tradicional machão, adora falar palavrão, tomar um monte de cerveja e comer amendoim enquanto vê o futebol na tv, já o outro é um metrossexual que usa e abusa de cremes, exercícios físicos, cuida da alimentação e não abre mão de roupas caras, porque segundo ele: “É o que elas gostam”.
O autor Rui Vilhena diz que embora os personagens sejam aparentemente tão diferentes, eles possuem características semelhantes, ambos são egocêntricos, teimosos, mulherengos e consumistas.
Após frustrarem-se com as mulheres, os rapazes tentam aprender as técnicas de sedução um do outro. O macho tenta ser requintado e o metrossexual exibe-se machão. Nesse jogo eles envolvem a platéia feminina que participa da peça em determinadas cenas com empolgação.
“Sexo & Batata Frita” é uma caricatura da sociedade machista de hoje. Há o machão que só pensa em jogar uma pelada, tomar uma cerveja e fazer sexo e há o metrossexual que se preocupa com sua alimentação, o seu vestuário, suas unhas, seus cabelos e que também gosta de sexo. Este é o nosso cenário atual da relação entre diferentes formas de pensar sobre a masculinidade do homem no século XXI.
Importante ressaltar as diferentes manifestações pelo mundo dessa reflexão e aceitação da sociedade ao homem moderno.

* Não encontrei nenhum vídeo da peça, se alguém tiver me manda que eu insiro aqui!


Este post foi criado em: terça-feira, 21 outubro, 2008 ás 6:05 pm na categoria Variedades. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

1 resposta Sobre “O METROSSEXUAL EM CENA LÁ NA TERRINHA…”

  1. Juliana Garcia comentou:

    Ahhhh que pena que é em Portugal…parace ser muito legal a peça!!

    Bjus

Deixe um comentário