28, outubro, 2008 | UmMetrossexual.com

E O OSCAR VAI PARA…

28 outubro, 2008 por Gabriel Aguilar

Pois é, meus caros leitores, desde que comecei a escrever para o site a minha questão é se for metrossexual é também uma questão de cultura ou não. Muitas das vezes duvidei da resposta, mas olhando para o mundo, e principalmente para a nossa realidade na América Latina, descubro que é sim uma questão de cultura. Você duvida? Então vamos lá. Ajudem-me a escolher o presidente mais metrossexual, para começar apresento duas figuras destacadas do “mundo” da América do sul.

Em primeiro lugar ele, o rei (não só da Venezuela) das gafes. Esse que usa um uniforme militar, que ao se apresentar diante das câmeras só fala asneiras, tantas que até o próprio Rei Juan Carlos mandou-o calar a boca. Claro, estamos falando de aquele que mandou também fechar a emissora de TV que contraria os fins políticos. De esse que vende petróleo para o diabo (opsss nada a ver com religião, ele mesmo chamou Bush de diabo). Esse controlou (leia-se: suspendeu) as exportações de carros do Brasil para a Venezuela -trazendo mais problemas à economia- e como ele tem muitos “companheiros” ninguém falou nada. É, antes fosse o Chaves, aquele menino sujo que mora num barril. Este de quem falo vive DOS BARRIS de petróleo que vende.

E a estas alturas você deve pensar que fiquei louco, que ele não é um metrossexual… Não, claro que é. Tudo bem que essas roupas ridículas que usa são mais uma figura semiótica para se auto-reafirmar, as vezes arrisca um terno meia-boca… mas convenhamos, comparemos o “comandante” da Venezuela com qualquer individuo do país.

Agora comparemos os luxos que o mandatário tem com alguém, qualquer cidadão:

Viu a diferença de quem prega o fim da pobreza, a “liberdade” e a Igualdade… Imaginem se ele fosse um ditador. Não gente, nós somos os que julgamos mal a um cara que quer ficar 200 anos governando um país impondo leis e absurdos (como aumentar meia hora ao fuso horário).

E ai, você concorda que ele pode ser um metrossexual?

Nosso SEGUNDO candidato não é muito diferente do perfil do primeiro, aliás, se houvesse uma escola diria que ele é o “aluno predileto” do professor (e não necessariamente por ser o melhor – neste caso por ser o pior)… falo de aquele presidente que se diz ser um indígena, que é o primeiro indígena ao chegar ao poder (como? não interessa). Sim aquele que quer deixar ao Brasil sem gás, e como também tem muitos “companheiros” ninguém pode falar nada.
O nosso caro Evo Morales, nenhuma relação com Eva Perón, por favor. Morales, filho do chavismo também quer governar ad aeternum, briga com todos e o mais curioso, que aliás é bem provável que nossos amigos filósofos bêbados nos respondam, sempre aparece com essas roupas com apliques coloridos, acho que é sua mãe que costura para que a criança não passe frio. Ele que tomou conta da Petrobras, ele que expulsou muitos brasileiros de lá, ele que não está nem ai para o seu povo que emigra para os bairros mais decadentes de São Paulo, vendendo sua mão-de-obra a preço de escravo.

É, nosso vizinho, sempre bem arrumado, com aquele corte de cabelo: não quis pagar para o cabeleireiro e minha irmã, que está fazendo um curso na esquina, fez o seu primeiro corte.

E agora não vão me dizer que não é metrossexual??? Não??? E só olhar para qualquer um no Brás, nem precisamos ir à Bolívia, que aliás, o aeroporto é bem ruinzinho. E ver como o povo vive e é, e, agora, olhar para a vossa majestade boliviana.

Bem diferente não?

Olha, o meu voto seria para o Evo, porque ele consegue que o seu povo esteja na pior das misérias e ele não. Porque os Miles de bolivianos que sofrem e lutam se matam a cada dia e o senhor Morales preocupado com esse apliques de roupas coloridas. Dizem as más línguas que quando foi eleito passaram um trote dizendo que quem falava era o Rei da Espanha e ele com toda a sua cultura acreditou (além de brega, um pouco limitado, né?)…

O problema, amigos é que muitos dos países, nossos vizinhos, tem um mandatário que se preocupa com sua imagem, com seus “progressos”, com tomar conta do que não é de eles, com sonhar em mudar o mundo (a um preço bem alto) e com o seu povo? Nada. E com a verdadeira liberdade? Nada?

Não me considerem, por este post da direita conservadora, muito pelo contrário, mas acho que aquela velha frase de que “o poder corrompe” se faz realidade em esse mandatário (e outros por ai) que dizem haver saído do POVO e que quando chegam até o poder, só querem enriquecer-se.

Good Bless America


Categoria: Cultura | 4 Comentários »