25, agosto, 2008 | UmMetrossexual.com

A DIETA DO ABDOME X ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

25 agosto, 2008 por Nutricionista

A matéria de capa da revista Men´s Health edição n° 28, deste mês, me chamou atenção: “A Dieta do Abdome” e eu como nutricionista curiosa que sou, fui logo abrindo a revista para ler e saber do que se trata essa “incrível” dieta que promete um abdome sarado!
No entanto, enquanto lia as 6 diretrizes da dieta, fui observando que de milagroso não tem nada, de novidade menos ainda, e não apenas para eu que sou nutricionista, mas para qualquer pessoa bem informada que se preocupa em manter uma alimentação adequada e saudável.
Na verdade a matéria trata de processos básicos e importantes que toda nutricionista orienta diariamente em seus consultórios, mas que muitas pessoas acham “básico demais” e saem frustrados, pois esperavam o milagre das dietas.
Talvez fosse uma boa idéia começar a dar títulos atrativos às orientações simples, porém importantíssimas que tanto tentamos incorporar na vida das pessoas. Claro que não vejo essas matérias de revistas como ameaças à minha profissão, muito pelo contrário, se dietas milagrosas resolvessem o problema das pessoas, ninguém mais precisaria de acompanhamento nem avaliação nutricional, mas como não é o caso…
Não que este seja o caso da matéria citada aqui, (A Dieta do Abdome), pois esta dieta apesar do título parecer milagroso, por isso duvidoso, trata-se de hábitos saudáveis e como já disse, eu mesma oriento em meu consultório.
A dieta da revista consiste em 6 diretrizes:

  • Diretriz 1: faça 6 refeições diárias. (nenhuma novidade por enquanto)
  • Diretriz 2: beba shakes (aqui referem-se a importância desse aliado que ajuda tanto na perda de peso quanto no ganho de massa muscular, porém deve ser muito bem orientado para consumir o shake mais adequado para cada individuo)
  • Diretriz 3: saiba o que beber e o que evitar (mais uma vez reforçam aqui o consumo exagerado do álcool e a importância de beber água).
  • Diretriz 4: mantenha o foco nos alimentos poderosos (aqui eles focam alguns alimentos que devem ser consumidos com freqüência e são funcionais – porém nada que você não encontre em qualquer supermercado, nada exótico, tudo absolutamente normal).
  • Diretriz 5: pare de contar (calorias! Apesar de montar cardápios com as necessidades calóricas de cada paciente, ninguém vai sair com uma tabela na mão contando calorias e sim ter uma parâmetro de quantidades e tamanhos de porções que deve ser consumidos)
  • Diretriz 6: em uma refeição por semana, esqueça as diretrizes anteriores (sempre orientamos que nada é proibido, mas que o paciente tenha bom senso para consumir os alimentos que devem ser evitados com moderação para não perder o foco do seu objetivo).

Além das 6 diretrizes, na matéria também é reforçado a função e importância de alimentos que contribuem de forma funcional para o sucesso da dieta (como verduras, amêndoas, castanhas, feijões e leguminosas, leite e laticínios, ovos, carnes magras, aveia frutas, pães integrais, azeite de oliva e até whey protein) e devem ser consumidos diariamente variando entre as alternativas e evitando os alimentos “impostores”.
Acho legais essas matérias que contribuem de forma positiva com a saúde das pessoas, mesmo que para levarem uma vida saudável, tenham que ler na revista o passo-a-passo de tantas dietas que vemos por ai, porémmmm, os leitores devem ser críticos e analisar o conteúdo dessas informações, principalmente quando o milagre parece muito poderoso, pois hoje as informações sobre saúde estão por toda parte e qualquer pessoa com bom senso é capaz de ser crítico com o que lê e principalmente com sua própria saúde!!

Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.


Categoria: Nutrição | 134 Comentários »