MAIS SEXO, MAIS EREÇÃO! |

MAIS SEXO, MAIS EREÇÃO!

10 julho, 2008 por Gustavo Tijolo

Essa é uma ótima notícia! Como diminuir os problemas de dificuldade de ereção? Fácil, fazendo sexo com freqüência. Um estudo realizado na Finlândia aponta que homens com pouca atividade sexual podem dobrar a possibilidade de disfunção erétil, ou seja, se você não quer ser “broxa” comece a fazer sexo com freqüência e caso já esteja “broxa” (infelizmente) você pode jogar a culpa na sua parceira e exigir maior atividade na cama.

Uma forma da chamada lei do uso e desuso é um fator importante no surgimento da disfunção erétil, afirma um novo estudo. Médicos finlandeses estudaram quase mil homens com idades entre 55 e 75 anos e descobriram que os que faziam sexo com mais freqüência também eram os que corriam menos risco de desenvolver problemas de ereção.

Os resultados estão na edição deste mês da revista médica “The American Journal of Medicine”. Após avaliar a saúde sexual de 989 homens da cidade finlandesa de Pirkanmaa, os pesquisadores viram que, entre os que relatvam fazer sexo menos de uma vez por semana, em média, a incidência de disfunção erétil acaba dobrando. A conclusão foi obtida após levar em conta outros fatores ligados ao problema, como idade, doenças crônicas (diabetes, depressão e problemas cardiovasculares), obesidade e fumo.

Para ser mais exato, a disfunção erétil aparecia em 79 casos por mil em homens que faziam sexo menos de uma vez por semana, 32 casos em mil entre os que faziam sexo pelo menos uma vez por semana e apenas 16 casos em mil para os que faziam sexo três ou mais vezes por semana.

“A prática freqüente do sexo tem um papel importante na preservação da função erétil entre homens idosos. A atividade sexual contínua diminui a incidência de disfunção erétil de forma diretamente proporcional à freqüência do coito”, escrevem os autores do artigo, liderados por pesquisadores do Hospital da Universidade de Tampere. O grupo aconselha os médicos a apoiar a atividade sexual de seus pacientes.
Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL634564-5603,00.html


Este post foi criado em: quinta-feira, 10 julho, 2008 ás 7:35 pm na categoria Sexo. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um comentário