Submarino.com.br
CIRURGIA PLÁSTICA NO PÊNIS | UmMetrossexual.com

CIRURGIA PLÁSTICA NO PÊNIS

7 julho, 2008 por Gustavo Tijolo

Quando li o título da matéria “Eu fiz plástica no pinto” achei que seria algo como implante, aumento de tamanho, coisa e tal, mas o depoimento foi muito mais interessante, e talvez, até um esclarecimento pra muitos, pois quem não tem pinta no pinto?

Eu fiz plástica no pinto
Confissões de um jornalista que expôs seu nobre amigo ao sadismo cirúrgico
por: ADRIANO SILVA

Minha dermatologista é uma japonesa caxias, pesquisadora graduada em epitélios, melanomas e o escambau pela USP. Ela examinou a pinta em meu peitoral esculpido e disse: “Essa é melhor você tirar”. Eu olhei para ela e confessei: “Doutora, igual a essa eu tenho outra. Quer dar uma olhada?”

Foi meu primeiro erro. Enquanto eu retirava o Grande Irmão do seu invólucro, ela se ajeitou numa cadeira no meio das minhas pernas musculosas. Em seguida, disparou: “É, era bom você tirar essa aqui também”. Disse que a região era de atrito – e eu lhe corrigi: “Muito atrito” – e que eu não deveria correr riscos.

Aí meu mundo caiu. Eu já havia retirado duas pintas do meu pé de zagueiro macho. No consultório do cirurgião plástico, um judeu de voz grave e dedos troncudos, com anestesia local, eu havia testemunhado a gana com que ele arrancava as pintas.

Fuçou, cavucou, escarafunchou minha pata de xerife colorado com uma espécie de cortador de cutícula e com aquele sadismo que todo bom cirurgião tem. Eu não deixaria, de sã consciência, o cara ir com aquele ímpeto para cima do meu pinto helênico, companheiro fiel de tantas jornadas inesquecíveis.

Então guardei o pedido de biópsia do “nevo na base peniana” em meu criado-mudo por um ano. Até que, montado no adágio de que a cliente tem sempre razão, cedi às pressões da usuária, que já ameaçava com greve de sexo, ziriguiduns e outras mumunhas, e marchei para o cadafalso do cirurgião.

Segundo erro. Nem ele acreditou no que eu havia ido fazer lá. Desembrulhei de novo meu amigo Charles Brown, mostrei ao médico o tamanho do problema e ele disse que, enfim, se eu quisesse, faria, claro, aquela cirurgia bizarra. E acrescentou que poderia fazê-la ali, na hora, com sedação local.

É nessas que um sujeito pacato perde as estribeiras. Um filme hediondo me passava pela cabeça: uma injeção na “base peniana” e depois aquele massacre com o cortador de cutícula sobre o meu companheiro desfalecido. Nunca. Jamais.

Disse que só faria a extração com anestesia geral. Se possível aplicada em casa, enquanto eu ainda dormisse, para me levarem ao hospital desacordado, atado à maca. Só assim não haveria o risco de eu fugir no meio do caminho.

Ele riu. Mas entendeu meu lado. Na noite anterior à operação, durante o banho, olhei para as veias esculpidas sob a pele de seda do meu compadre velho e senti toda a retração da dor. Ficava claro ali o quanto aquele idílico playground seria vilipendiado pela medicina moderna. Mas a vida é assim. Prega peças. (Quando não tira pregas.)

Acordei depois da cirurgia com uma enfermeira bem razoável me dando uma orientação esdrúxula: dez dias sem ereção. Eu olhei para o Zé com um sorriso irônico, como quem diz: “Ela não nos conhece”. Mas ele não me correspondeu. Estava, digamos, acabrunhado com aqueles pontos cerzidos em sua carne tenra. Não devo ser o primeiro cara a operar o pinto. Mas cirurgia plástica no bilau é um luxo que poucos podem ostentar. Posso dizer que não perdi nada com a retirada da pinta.
Fonte: Revista Vip – Edição 280 – Julho 2008

Assuntos relacionados


Este post foi criado em: segunda-feira, 7 julho, 2008 ás 1:29 pm na categoria Saúde, Sexo. Você pode seguir qualquer resposta para essa entrada pelo RSS 2.0 feed. Se preferir pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

7 respostas Sobre “CIRURGIA PLÁSTICA NO PÊNIS”

  1. Leandro comentou:

    Mas séra que não dói uma agulhada bem lá no pênis ? Parte tão sensível !

  2. Lucas comentou:

    Se não dói ? Eu nunca tomei mas hoje fui operar o penis de um paciente de 15 anos e quando abri o penis dele para aplicar na injeção la na cabeça do seu penis , o muleque gritou , esperniou , chorou , isso tudo antes da injeção . Na hora que eu enfiei a agulha la glande do menino ele deu um grito que o hospital pensou que eu estivesse torturando o muleque …

  3. Bruno comentou:

    Queria saber quanto ,mais ou menos cresce no tamanho,e se realmente valeu a pena fazer a operação..Tenho maior medo de fazer e depois me arrepender,gostaria de uma resposta!!!

  4. maicon comentou:

    quero sastivase as mulher

  5. FLAVIO VINICIUS comentou:

    quero saber mais informação sobre bioplastia peniana, como e feito e informalçoes sobre os beneficios e o q pode acarretar caso de alguma rejeição. e principalmente qual o tempo de cirurgia tempo de recuperação e o valor, e como e feito. FLAVIO/RJ

  6. Joaldo comentou:

    Fiz uma cirugia de postectomia a 30 dias e ñ gostei, gostaria de saber seu tem como resuperar meu prepucio?
    clinca que faz a cirugia?
    valorV

  7. alexandre comentou:

    FIZ A Fiz uma cirugia de postectomia a e ñ gostei, gostaria de saber seu tem como resuperar meu prepucio?
    clinca que faz a cirugia?
    valorV

Deixe um comentário