11, julho, 2008 | UmMetrossexual.com

METROSSEXUAL AOS 50 ANOS!

11 julho, 2008 por Nutricionista

A Revista Veja desta semana (edição 2068) traz como matéria de capa, uma reportagem sobre “os novos cinqüentões”, falando como os homens (e mulheres também) chegam a essa faixa etária com disposição, saúde e sucesso.
Entre outros assuntos, a matéria mostra que aumentou em mais de 9%, o número de pessoas na faixa dos 50 anos, que estão adotando hábitos de vida saudáveis e mantendo uma alimentação mais equilibrada.
Os homens cinqüentões atualmente são tão metrossexuais quanto um jovem de 25 anos, mas, como chegar a essa idade aparentando ser mais jovem?
Será que Richard Gere, Edson Celulari e José Mayer (citados na matéria) mantêm até hoje o posto de galãs por serem mais favorecidos pela genética?
Sim! A natureza ajuda, mas a essa altura da vida, só isso não é o suficiente. Eles também possuem cuidados especiais com a saúde, mantendo bons hábitos de vida e claro, uma alimentação adequada.
A maneira como se alimentam, (tanto quanto a atividade física) torna-se imprescindível para manter a aparência jovem e a vitalidade para continuar exercendo as atividades normais e até novas experiências nessa nova etapa da vida!
A escolha dos alimentos certos irá contribuir para uma longa vida, principalmente os chamados alimentos funcionais, que além de satisfazerem às necessidades nutricionais básicas, também desempenham efeitos fisiológicos benéficos combatendo ou prevenindo doenças, resultando em melhor qualidade de vida.
Os antioxidantes (como a vitamina E, C e betacaroteno) assim como as fibras presentes em frutas, verduras, legumes e cereais integrais são exemplos de alimentos funcionais que não podem faltar na dieta habitual, pois seus benefícios vão desde a diminuição do colesterol sanguíneo até a diminuição do risco de câncer e doenças cardiovasculares.
Os Flavonóides encontrados na uva e vinho tinto, as isoflavonas da soja e o ácido graxo ômega 3 dos peixes também possuem papel importante na redução dos níveis de colesterol sanguíneo e diminuem o risco de doenças cardiovasculares, já os pró-bióticos dos iogurtes e leites fermentados auxiliam no equilíbrio da flora intestinal.
Pensando na importância desses alimentos, as indústrias estão hoje produzindo alimentos fortificados com vitaminas e outros nutrientes para exercerem essa função benéfica no organismo, porém normalmente a concentração de nutrientes é baixa, precisando de uma ingestão maior para que se obtenha o efeito positivo mencionado no rótulo, por isso quanto mais natural, equilibrada e variada a alimentação diária, melhor será o aproveitamento desses nutrientes funcionais importantes na manutenção da saúde e longevidade além de ter um custo reduzido em relação aos industrializados.
Por tudo isso se faz importante pensar desde cedo na qualidade de vida, pois aos 50 anos ela ainda está só começando!

Para mais informações sobre saúde, consulte sempre um profissional da área.


Categoria: Nutrição, Saúde | 3 Comentários »